Baixa qualificação faz sobrar vagas na área de TI


16 de janeiro de 2021 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Dicas profissionais



Baixa qualificação faz sobrar vagas na área de TI.

A Baixa qualificação faz sobrar vagas na área de TI . A tal falta de mão-de-obra qualificada para área de TI é algo que faz gerar no setor de TIC um gap de profissionais qualificados. Só na área de programação há uma falta de aproximadamente 10 mil profissionais. Leia agora o post e conheça os detalhes.

Baixa qualificação faz sobrar vagas na área de TI

Não é de hoje que a tal frase “faltam profissionais qualificados” para ocuparem as vagas de TI disponíveis no mercado, assola as empresas de tecnologia da informação ou comunicação. Muitos profissionais querem ocupar determinados cargos, mas não possuem os requisitos necessários.

O gargalo com a falta de profissionais qualificados na área de TI tem gerado problemas para o setor, assim existem centenas e centenas de empregos de TI disponíveis, porém faltam profissionais qualificados.

Profissinais de TI qualificados

Nos últimos anos diversas pesquisas foram realizadas para mapear o cenário de inexistência de mão-de-obra especializada na área de TI e quadro geral é o seguinte:

3,8% das empresas buscam profissionais com inglês avançado e não encontram.

52% das empresas pesquisas procuram profissionais de TI com comportamentos dentro do perfil da empresa, porém não acham.

66% das empresas não encontram candidatos de TI com os requisitos técnicos solicitados para a vaga.

Além das questões apresentadas acima, ainda existem outros itens que impactam a contratação de um profissional da área de TI, sendo eles: profissionais com baixo percentual de resolução de problemas, pessoas que tem dificuldade de trabalhar em equipe, profissionais de TI com falta de proatividade, candidatos de TI que não possuem perfil analítico e com baixa resiliência.

Fato é que a baixa qualificação faz sobrar vagas na área de TI e é preciso que os candidatos busquem a devida qualificação para poderem participar dos processos seletivos e assim ocuparem as vagas de TI disponíveis no mercado de trabalho.